Sergio Wilfrido Vasques Apestegui discorre sobre o Parkinson

A doença de Parkinson atinge muitas pessoas atualmente, ocorrendo alterações no movimento dos corpos. O que causa a doença é a degeneração progressiva dos neurônios produtores da dopamina. A maioria dos casos acontece em pessoas com idade avançada, após os 65 anos. Até hoje não se descobriu nenhuma forma de prevenção, além da doença não ter cura, diz, Sergio Wilfrido Vasques Apestegui.

O tremor é o principal sintoma da doença, na maioria das vezes começa em uma das mãos. As vistas embaçadas e o aumento de salivação também são sintomas presentes em quem sofre de Parkinson. O médico que se deve recorrer é o neurologista, ele que poderá te dizer o que você realmente tem, além de receitar medicamentos próprios, podendo indicar o paciente a tratamentos específicos. Sergio Wilfrido Vasques Apestegui diz que não há tratamentos para a cura, mas que controla os sintomas, retardando o progresso da doença.

O Parkinson geralmente atinge homens com idade mais avançada. O essencial após passar com um neurologista é começar a se medicar com uma prescrição o quanto antes, para que seja eficaz o restante do tratamento. No Paraguai, um médico diz ter encontrado a cura para a doença, mas ainda não se sabe até que ponto isso pode ser verídico, diz Sergio Wilfrido Vasques Apestegui.

Deixe uma resposta