Sergio Wilfrido Vasques Apestegui faz resenha do livro: O poder do hábito

Como o pode do hábito influencia no cotidiano das empresas? Um livro escrito pelo repórter Charles Duhigg do The New York Times, mostrando o porquê que o cérebro está tão acostumado com a mesma rotina sempre. Charles Duhigg pesquisou durante quase vinte anos como funciona os hábitos e qual a influencia dele no dia a dia. Para Sergio Wilfrido Vasques Apestegui, explica que quando leu pela primeira vez ficou anestesiado com as palavras e qual a maneira que ele explica tais situações.

O livro é dividido em três partes, passando pelos hábitos da sociedade, dos indivíduos e o hábito das organizações bem-sucedidas. Alguns hábitos se enquadram em ferramentas fixas presentes no interior do cérebro, poupar as energias mentais, fazer exercícios físicos, tentar manter a concentração, aplicando a dedicação e disciplina em tudo que se faz é eficaz para tentar exercer o cérebro. Sergio Wilfrido Vasques Apestegui comenta que trechos do livro foram bem pensados, até porque o autor passou anos estudando antes de começar a escrever, ele observou diversas pessoas de estereótipos diferentes e conseguiu fazer esse livro de 408 páginas.

Como muitas pessoas tem diversos hábitos, é possível se identificar com o livro, podendo ser o primeiro passo para mudanças. Quem sofre de ansiedade e TOC (transtorno compulsivo e obsessivo) é essencial ler esse livro para manter a mente mais tranquila, opina Sergio Wilfrido Vasques Apestegui.

“Os hábitos angulares dizem que o sucesso não depende de acertar cada mínimo detalhe, mas, em vez disso, baseia-se em identificar umas poucas prioridades centrais e transformá-las em poderosas alavancas.” Charles Duhigg.

Deixe uma resposta