Entre os preços está um agente penitenciário

15/10/2019 às 19:39

Por

Nesta segunda-feira (11/10), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou a operação “Masmorra”, que culminou na prisão de um agente penitenciário, lotado no Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Além do agente, a ação desencadeada pela PCMG também levou à prisão de um detento do estabelecimento prisional e da companheira dele.

Ao todo, foram cumpridos três mandados de prisão preventiva e seis mandados de busca e apreensão. Os presos são investigados pelos crimes de associação ao tráfico de drogas, corrupção passiva, corrupção ativa, inserção de aparelhos celulares em estabelecimento prisional e peculato. As provas foram angariadas em junho deste ano, quando se iniciou a operação. As investigações, que tiveram origem em outras apurações realizadas pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), estão sob sigilo judicial e prosseguem no sentido de identificar outros servidores públicos envolvidos em práticas criminosas.

Segundo o Delegado Marcus Vinícius Lobo Leite, diversos crimes foram apurados a partir de investigações de detentos acautelados dentro da penitenciária Nelson Hungria. “A grande maioria das organizações criminosas responsáveis por crimes como roubos e tráfico de drogas são comandadas de dentro de instituições prisionais de Minas Gerais”, acrescentou.

História, cultura, natureza e gastronomia atraem turistas ao Santuário do Caraça

A Por Dentro de Minas é um portal que traz as principais notícias do Estado de Minas Gerais.

Polícia prende suspeito de esfaquear comerciante em Conselheiro Lafaiete

Previsão do tempo para Minas Gerais nesta terça-feira, 15 de outubro

GetNinjas abre vagas de emprego e estágio na área de TI

Feira do Empreendedor terá capacitações gratuitas direcionadas para Microempreendedores Individuais

Começa amanhã a 33ª Superminas, um dos maiores eventos empresariais do varejo do País

Justiça mantém preso homem acusado de matar irmã em BH

15/10/2019 às 15:43 • atualizado em 15/10/2019 às 15:46

Por

Com a chegada do fim de ano, muitas famílias já começam a se programar para tirar as tão sonhadas e merecidas férias. No entanto, poucos pontos turísticos conseguem ao mesmo tempo divertir, trazer tranquilidade e apresentar todo um complexo com riqueza histórica, cultural, ambiental e gastronômica, como é o caso do Santuário do Caraça.

Situado a cerca de 120 km de Belo Horizonte, entre os municípios de Catas Altas e Santa Bárbara, o local é conhecido no Brasil e no mundo, pelas belezas naturais e riqueza histórica do lugar. Além disso, reserva para seus visitantes atividades e passeios inesquecíveis, como a hora do lobo, a biblioteca, o museu, a rica e caprichada gastronomia e, claro, as trilhas.

Por tamanha relevância, o Santuário do Caraça foi eleito uma das sete maravilhas da Estrada Real, pois possui mais de 12 mil hectares, com trechos preciosos de Mata Atlântica, Campos Rupestres e Cerrado, com trilhas para os atrativos naturais, históricos e religiosos. Além disso, o local é repleto de cultura e antiguidades históricas no Centro Histórico do Santuário, que possui diversos atrativos, como a igreja de Nossa Senhora Mãe dos Homens, onde há celebração diária de missas e em que se vê o primeiro órgão de tubos fabricado no Brasil.

Além disso, o local possuiu uma extraordinária Santa Ceia, pintada pelo Mestre Ataíde, e belíssimos vitrais franceses, o maior dos quais foi presente de Dom Pedro II. Dentro das ruínas do colégio, que foi tomado pelo fogo em 1968, ficam o museu, no térreo, a biblioteca, no segundo andar, e, no terceiro, o auditório para conferências. Outro ponto de visitação são as catacumbas, onde estão sepultados Padres e Irmãos que atuaram no Santuário, desde 1774.

Visitas ilustres

A tradição de aguardar a visita do lobo todos os dias à noite começou no Caraça em maio de 1982, quando algumas lixeiras começaram a aparecer derrubadas e reviradas. Num primeiro momento pensou-se que isto poderia ser causado por cachorros. Começou-se a observar e se descobriu que o grande cachorro que revirava as lixeiras do Santuário era na verdade o Chrysocyon brachyurus, que quer dizer “animal dourado de cauda curta”. É chamado Guará porque em tupi-guarani, na língua dos indígenas, guará significa “vermelho”.

Desde então, começaram a colocar bandejas de carne nos dois portões da frente da casa e aos poucos os lobos se aproximaram da escada da igreja. Hoje, a bandeja é colocada no adro da igreja, onde têm ido comer, além do lobo-guará, cachorros-do-mato e uma anta macha.

A prática de alimentar esses animais ali na Casa só persiste até os dias atuais porque o seu hábito de caça não foi comprometido. Por este motivo o lobo-guará não tem hora de aparecer. O tempo de espera da aparição do animal é conhecido como “hora do lobo”, a partir das 18h30. Enquanto o lobo não vem, o Caraça proporciona aos hóspedes um tempo de informação, a educação ambiental.

Além do famoso lobo-guará, uma anta frequentemente também surpreende os visitantes do local. Além deles, o visitante pode ainda avistar outras 76 espécies de mamíferos que habitam no Santuário do Caraça.

Fonte de conhecimento

O Caraça é uma estrutura cultural em constante formação. Começou por volta de 1770, quando o Irmão Lourenço de Nossa Senhora iniciou a construção do hospício, como então era chamada a hospedaria para acolher peregrinos, e uma ermida – capela barroca, dedicada a Nossa Senhora Mãe dos Homens. Posteriormente, a instituição transformou-se em colégio e seminário. Atualmente o lugar mantém a sua essência, proporcionando às pessoas a chance de interagir com sua história.

O complexo é tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e Estadual. É destaque entre as 7 Maravilhas da Estrada Real. Conta com um amplo Conjunto Arquitetônico onde estão a primeira igreja de estilo neogótico do Brasil, o prédio do antigo colégio (hoje museu e biblioteca), o hotel com 54 apartamentos, com capacidade para até 230 pessoas hospedadas, e a Fazenda do Engenho, com 26 apartamentos.

O Complexo do Caraça possui enorme diversidade de fauna e flora, com raridades de animais e plantas no meio ambiente. Na ampla diversidade de sua fauna, há 386 espécies de aves, 42 espécies de répteis, 12 espécies de peixes e 76 espécies de mamíferos.

A Reserva Particular do Patrimônio Natural do Santuário do Caraça faz parte de duas importantes reservas ecológicas, as Reservas da Biosfera da Serra do Espinhaço Sul e a da Mata Atlântica, onde há diversas espécies de flora e fauna, algumas encontradas somente no Complexo do Santuário do Caraça, que fica na transição entre Mata Atlântica e Cerrado, onde também há campos rupestres. Em suas Serras há nascentes, ribeirões e lagos de águas de coloração escura, pois carreiam material orgânico em suspensão

Seu solo é rico em minérios, explorados nos séculos anteriores, e com grande concentração de quartzito ou rocha metamórfica. Desde 2011, passou a ser preservado contra exploração comercial. O clima tem baixas temperaturas e elevada umidade do ar, comuns em ambientes de mata.

O território do Complexo do Caraça integra a Área de Proteção Ambiental ao Sul da Região Metropolitana de BH, onde começam duas grandes bacias hidrográficas, a do rio São Francisco e a do rio Doce, que abastecem aproximadamente 70% da população de Belo Horizonte e 50% da população de sua região metropolitana.

Biblioteca

A Biblioteca está instalada no prédio onde funcionava o célebre Colégio, que hoje abriga também o Museu, o Arquivo e um Centro de Convenções

Museu

O museu, montado a partir de mobiliário e artefatos diversos de uso diário, pertencentes ao próprio Caraça e com algumas peças remanescentes de séculos passados, constitui um interessante lugar de visitação, diariamente procurado pelos hóspedes e visitantes, através de percursos guiados pelos monitores ou por conta própria.

Igreja Neogótica

O Santuário do Caraça é a primeira igreja neogótica do Brasil, construída sem mão-de-obra escrava e toda com material regional: pedra-sabão (retirada de perto da Cascatona), mármore (das proximidades de Mariana e Itabirito, Gandarela) e quartzito (da região do Caraça e vizinhanças), unidas com produtos de base de cal, pó de pedra e óleo.

Gastronomia

A cozinha do local produz delícias que conquistam o paladar de todos. Na adega, dá para ver o processo de produção do vinho tinto, do hidromel e dos fermentados de laranja, jabuticaba e morango. Há também a padaria, que fabrica pães, bolos e biscoitos, e a doceria, para doces, geleias e compotas. O queijo minas artesanal é uma das iguarias mais procuradas no Santuário.

Trilhas

Por meio de trilhas seguras e de trajetos mais ou menos longos e bem sinalizados, é possível ter acesso a diversas atrações naturais e contato direto com a biodiversidade local.

Santuário do Caraça

Local: Estrada do Caraça, Km 9 – Entre os municípios de Barão de Cocais, Catas Altas e Santa Bárbara – CEP 35960-000

Fácil acesso pelas rodovias BR 381 e MG 436, além do cômodo acesso por trem (Estação Dois Irmãos – Barão de Cocais/MG)

Horário para visitação: Todos os dias, das 8h às 17h

Taxa de entrada: a partir de R$ 12,00 (em dias de semana)

Mais informações:

Site com opções de hospedagens: www.santuariodocaraca.com.br

Instagram: @santuariodocaraca

Facebook: www.facebook.com/complexosantuariocaraca/

Reservas: [email protected]

15/10/2019 às 14:58

Por

De acordo Organização Mundial de Saúde (OMS), a epilepsia é uma doença cerebral crônica, de causas múltiplas, caracterizada pela recorrência de crises epilépticas não provocadas, e que leva a alterações neurobiológicas, cognitivas, psicológicas e sociais. Estima-se que a epilepsia acometa de 0,5% a 1% da população mundial, ou seja, atinge cerca de 50 milhões de pessoas conforme dados da OMS.

Por esse motivo, é uma comorbidade que não passa despercebida e que traz preocupação para a sociedade médica e claro, dúvidas e temores em muitos pais e familiares. O CENSA Betim (BR-381, 494 – Jardim Petrópolis, Betim – MG) tem educandos epilépticos e para isso, conta com o apoio de especialistas, como o Dr. Camilo Augusto de Azeredo Coutinho Júnior, médico neurologista que acompanha a maioria dos educandos da instituição.

De acordo com o Dr. Camilo Augusto de Azeredo Coutinho Júnior, a epilepsia tem correlação com alguns grupos de doenças psiquiátricas, como autismo, deficiência intelectual, transtornos psicóticos e depressão. “O autismo representa um fator de risco para Epilepsia. Certa de 25 % dos pacientes autistas vão apresentar crises convulsivas em algum momento da doença. O início das crises ocorre na faixa dos 8 aos 26 anos de idade. Os autistas graves apresentam maior risco de desenvolver Epilepsia. Na deficiência intelectual também observamos uma maior incidência de Epilepsia.”, explica.

Segundo o Dr. Camilo Augusto de Azeredo Coutinho Júnior, a Síndrome de Down é a causa mais comum de deficiência intelectual e o risco de epilepsia varia de 1 a 13%. “As convulsões nesta população são mais bem controladas com a medicação. A privação do sono do paciente com depressão é um fator de risco para desenvolvimento de crises convulsivas. Nos transtornos psicóticos, o risco de epilepsia é discretamente aumentado. O tratamento da Epilepsia nos pacientes com transtornos psiquiátrico tem que ser individualizado, constante e na maioria dos casos por toda a vida do indivíduo. É fundamental o monitoramento das crises, uma vez que o descontrole destas aumenta o risco de morbimortalidade”, salienta.

Acompanhamento

Luiz Anastasia Neto é residente no CENSA desde dezembro de 2007 e de acordo com sua mãe, Maria Margarida Melo, o acompanhamento profissional faz toda a diferença. “Autista severo, ele tem no CENSA um atendimento diferenciado e totalmente voltado para o seu caso. Os profissionais da área atendem a todas as suas necessidades e ele é acompanhado pelo Dr. Camilo devido a crises convulsivas que apresenta. Ele faz uso de anticonvulsivante, medicação que deverá tomar para sempre, para ter uma vida mais tranquila evitando assim o surgimento de crises. Todavia, com o acompanhamento médico me sinto mais tranquila em relação ao meu filho”, comentou.

CENSA

Com atendimento particular, o CENSA renova a esperança e muda o futuro de pessoas que precisam de acompanhamento. Em um ambiente familiar e integrado à natureza, o espaço com mais de 22.000m² cumpre a missão apoiadora e garante um envelhecimento com qualidade de vida, oferecendo conforto e acolhimento à indivíduos, que, sem dúvidas, são muito amados por suas famílias, mas que por vezes são esquecidos pela sociedade.

Para dar o todo o suporte e orientação necessária, o CENSA dispõe de três diferentes modalidades de atendimento. Os diários, que acontecem de segunda à sexta, entre 08h às 17h, o atendimento Integral, com funcionamento 24 horas que engloba hospedagem por tempo indeterminado; e a hospedagem periódica, que são especificamente para os planos de finais de semana, férias ou de acordo com as necessidades de cada família.

CENSA Betim

Local: Centro Especializado Nossa Senhora D’Assumpção

Endereço: Rodovia Fernão Dias, Km 494 – S/N | Betim – MG

Telefone: (31) 3529-3500

E-mail: [email protected]

15/10/2019 às 14:24

Por

A dupla Zé Neto & Cristiano escolheu Belo Horizonte para sediar o show de gravação do 4º DVD da carreira, intitulado “Por Mais Beijos Ao Vivo”. A apresentação será realizada no dia 31 de outubro, quinta-feira, às 22h, no Expominas (Av. Amazonas, 6200,Gameleira).

Para matar um pouco da curiosidade dos fãs, os cantores divulgaram recentemente nas redes sociais as guias do novo DVD. De acordo com a dupla, o repertório será composto por 24 músicas, sendo quatro regravações – Ferida Curada, Enchendo e Derramando, Estado Decadente e Long Neck – e o restante de inéditas. “Preparem-se pra cantar com agente em uma noite inesquecível!”, declararam os sertanejos.

O público poderá escolher entre dois setores para curtir o show: área VIP e Camarote com open bar de vodka, gin tônica, cerveja, água e refrigerante. Os ingressos, que já estão no segundo lote, podem ser comprados pelo site www.nenety.com.br e loja física da Nenety Eventos, no Shopping 5ª Avenida.

Mais informações e vendas online: www.nenety.com.br

Vendas de ingressos físicos: Loja Nenety Eventos – Shopping 5ª Avenida – Rua Alagoas, 1314, Piso C, Loja 16 – Savassi, Belo Horizonte / MG

Entre os preços está um agente penitenciário

Se dermos uma olhada rápida para as vias públicas, não será difícil ver como cresceu o número de pessoas que…

As férias estão próximas e já é hora de programar os passeios para toda a família Com a chegada do…

De acordo com o Dr. Camilo Augusto de Azeredo Coutinho Júnior, médico neurologista parceiro do CENSA Betim, a comorbidade tem…

O show de gravação do registro “Por Mais Beijos Ao Vivo” será realizado no Expominas; ingressos estão no segundo lote…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui