Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Sabe o ditado que diz que “idade é só um número”? Pois estes jovens ativistas ambientais são a maior prova de que responsabilidade, discernimento e consciência não tem nada a ver com pouca idade. Mas você sabe quem são eles? O Purebreak separou alguns nomes que têm feito mais pelo meio ambiente do que muitos adultos e, por sinal, lideranças políticas. Se liga aqui!

Se você ainda não ouviu falar na Greta, está usando a internet de forma errada. A jovem de 16 anos tem dado o que falar pelo seu ativismo. Quando tinha 15, a sueca iniciou uma greve sozinha. Toda sexta, ela faltava a escola para ficar na frente do Parlamento da Suécia, em Estocolmo, entregando panfletos que chamavam a atenção da crise climática. Sua atitude mobilizou estudantes de vários lugares e, em março deste ano, juntou mais de 1,6 milhão de pessoas protestando pelo meio ambiente em 133 países.

Greta já discursou no Fórum Econômico Mundial, em Davos, e esteve presente na reunião da ONU, em setembro.

Lilly Platt tem apenas 11 anos e é bem mais consciente do que muito adulto por aí. Ela, inclusive, chamou a atenção de Greta em setembro do ano passado, quando começou sua própria greve em Utrecht, na Holanda, sua cidade natal. Lilly é embaixadora da Plastic Polluts, uma entidade que visa a diminuição de resíduos plásticos em prol do meio ambiente.

A jovem indígena de 15 anos vive no lago Huron, um dos maiores da América do Norte e o maior de água doce do planeta. Autumn é engajada na preservação da cultura indígena e de conservação de água limpa desde os 8 anos. Em 2018 foi para Nova York, na Assembléia Geral da ONU, discursar sobre os direitos da água. Ela ainda é comissária chefe do Anishinabek Nation, uma organização política responsável por estabelecer a união dos povos indígenas de Ontario.

Com apenas 8 anos, Mari chamou atenção do então presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ao expor e pedir soluções para a crise hídrica em Flint, Michigan, através de uma carta. Obama não só leu, como foi até a sua cidade. Desde 2016, Mari arrecadou mais de US$ 500.000 com a ONG Pack Your Back, que, inclusive, mobilizou mais de 25 mil crianças para além de Flint. “Minha geração vai consertar essa bagunça e salvar o mundo”, diz Mari em seu site.

Baita inspiração, né?! E você, o que já fez pelo meio ambiente hoje?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui