Acesse o mapa do TerPaz: SEAC estreia ferramenta de mapeamento colaborativo

Agora localizar as ações que o programa TERPAZ desenvolve nos bairros da Região Metropolitana de Belém ficou mais fácil. Isso porque a Coordenação da Câmara Técnica Intersetorial da Secretaria de Articulação da Cidadania (SEAC) conseguiu desenvolver uma ferramenta de mapeamento colaborativa e gratuita fornecida pela Google que permite criar mapas temáticos sobre determinadas regiões ou aspectos políticos, sociais e geográficos, por exemplo.

Na tarde sexta-feira (22), durante o lançamento oficial da ferramenta, o secretário de Articulação da Cidadania, Ricardo Balestreri, utilizou pela primeira vez o programa e garantiu a praticidade de mais um serviço oferecido para a população.

“Essa ferramenta é extraordinária porque vais nos dar condições de visualizar por secretarias, por territórios, por dia de trabalhos de uma maneira transparente para os gestores e a própria comunidade que vai poder acompanhar, com clareza, tudo aquilo que vem sendo realizado nos Territórios Pela Paz. É uma ferramenta muito simples de usar e muito visual, a gente consegue acompanhar com facilidade tudo o que está acontecendo”, explicou o secretário.

A partir dos planos de ação para cada mês enviados pelas secretarias, fundações e órgãos do Estado que participam do programa, será possível acompanhar a execução das políticas nos setes territórios de atuação do programa. O My Mpas vai permitir também que equipes criem seus próprios mapas trabalhando de forma coordenada. “Essa ferramenta é compartilhável, o que significa que qualquer pessoa, de qualquer lugar do mundo pode ter acesso aos dados mapeados, além de ser integrável, pois permite o acoplamento do mapa gerado em sites ou aplicativos”, explicou Alejandro Quezada Jélvez, coordenador da Câmara Técnica Intersetorial e Coordenador do Núcleo de Relações Interinstitucionais da SEAC.

E como funciona?  O mapa gerado pode ser visualizado através de um link fornecido aos membros do TERPAZ em computadores, celulares ou tablet’s usando a integração com o aplicativo móvel Google Maps. O mapa pode ser inserido também em um site ou em uma página na web e visualizado por qualquer pessoa do mundo com acesso à internet. Podem ser aplicadas filtros de buscas para as informações cadastradas como secretaria específica; por serviços, como emissão de documentos, aulas de futebol, atendimento de saúde; por público, como por exemplo quais serviços são destinados às mulheres, aos jovens ou estudantes matriculados na rede pública.

“A finalidade principal consiste em possibilitar que a população das comunidades locais dos Territórios Pela Paz possa acessa essa espécie de ‘carta de serviços públicos’, disponibilizados pelos órgãos participantes do programa. Considero que esta ferramenta garante a transparência sobre as políticas públicas executadas pelo Governo do Pará, além de promover a democratização do acesso a informação e ampliar o exercício da cidadania”, disse Alejandro.

Veja o funcionamento desta ferramenta aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *