Bandeiras da União Europeia em frente ao Parlamento

SÃO PAULO – Depois dos Estados Unidos registrarem uma queda de 32,9% no Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre de 2020, nesta sexta-feira (31) foi a vez da União Europeia apurar os impactos do coronavírus na economia da região.

A zona do euro, formada por países do bloco que adotam a mesma moeda, teve uma queda de 12,1% na atividade econômica no trimestre. Em relação ao mesmo período do ano passado, o PIB do bloco registrou um tombo de 15% entre abril e junho. Analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam quedas menores, de 11,3% na comparação trimestral e de 14% no confronto anual.

Já entre os países, a França, que é a sexta maior economia do mundo, viu seu PIB desabar 13,8% no segundo trimestre de 2020 ante os três meses anteriores, a maior da história, em meio ao impacto da pandemia do novo coronavírus.

O resultado, porém, veio melhor do que a previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, de queda de 15,4% no período. Em relação ao mesmo intervalo de 2019, o PIB da França sofreu um tombo de 19% entre abril e junho, informou o Insee.

A Itália, oitava maior economia do mundo, teve uma contração de 12,4% no seu PIB. O resultado, no entanto, ficou acima da previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam queda de 13% no período. Já na comparação anual, o PIB italiano encolheu 17,3% entre abril e junho. Neste caso, a previsão era de retração menor, de 15,7%.

Por fim, a Espanha, que é a 13ª maior economia global, sofreu contração de 18,5% no segundo trimestre de 2020 ante os três meses anteriores, a maior da história. Analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam recuo menor, de 15% Na comparação anual, o PIB espanhol registrou queda de 22,1% entre abril e junho, informou o INE.

(Com informações da Agência Estado)

A carreira que mais forma milionários: conheça o primeiro MBA do Brasil totalmente dedicado ao mercado de ações

The post PIBs de França, Itália e Espanha sofrem quedas históricas em meio à pandemia do coronavírus appeared first on InfoMoney.