A polícia civil do Rio de Janeiro prendeu nesta segunda-feira, 19, o mensageiro de um hotel localizado na Barra da Tijuca, Zona Oeste da capital fluminense, por suspeita de estuprar uma hóspede paraense que estava na cidade a trabalho. Segundo relato da vítima, ela foi levada até o hotel por uma amiga após não se sentir bem em um evento. Quando a acompanhante dela saiu do local, o homem bateu à porta do quarto. Após não ser atendido, ele voltou à recepção, pegou um cartão de entrada e invadiu o dormitório da vítima.

A Polícia Civil informou por meio de nota que a mulher dormia quando se deu conta que estava sendo abusada – ela reagiu, e o suspeito fugiu do local em seguida. A princípio, ele teria se identificado como motorista da colega que a levou até o hotel e disse querer se certificar de que ela estava bem. A vítima foi até a 16ª Delegacia de Polícia prestar queixa e o homem foi preso em flagrante por estupro de vulnerável poucas horas depois. A reportagem tentou contato com a America Hotéis, rede dona do estabelecimento no qual a vítima estava hospedada, mas não recebeu resposta até o momento.