Nesta quinta-feira (22), a polícia da França evacuou a estação ferroviária de Part-Dieu, em Lyon, depois que uma mulher ameaçou explodir um pacote que carregava consigo. De acordo com o jornal local Le Progrès, ela gritava “Allah-u-Akbar”, que em árabe significa “Deus é grande”. Uma equipe do esquadrão antibombas foi enviado ao local e o entorno da estação foi totalmente bloqueado. A polícia afirmou que uma pessoa foi presa após a operação. O incidente acontece seis dias depois que um terrorista islâmico decapitou o professor de história Samuel Paty na cidade de Éragny, nos arredores de Paris. Paty teria sido alvo do crime por ter mostrado charges do profeta Maomé, que não pode ser presentado segundo a crença muçulmana.

*Com informações da EFE