Pela primeira vez na história, a revista norte-americana “Time” mudou o seu logotipo. Na edição desta semana, a publicação trocou o título para “Vote”. As eleições nos Estados Unidos vão acontecer no dia 3 de novembro e, como o voto não é obrigatório no país, há uma série de campanhas estimulando as pessoas a irem às urnas. De acordo com o US Elections Project, que monitora a votação antecipada, mais de 45 milhões de eleitores já votaram. A maioria enviou sua cédula por correio –foram 32,5 milhões. Outros 12,7 milhões de americanos votaram pessoalmente.

Segundo a revista, “com o pico de casos da Covid-19 e o presidente dos Estados Unidos tweetando informações falsas sobre a votação”, a temporada eleitoral está se revelando algo “selvagem e confuso”. Para o editor-chefe da revista, “esse é um momento raro que vai separar a história em antes e depois durante décadas”. “Poucos eventos vão dar forma ao mundo do futuro como o resultado das próximas eleições presidenciais dos EUA”, escreveu. De acordo com uma pesquisa divulgada nesta terça-feira, 20, pelo jornal The New York Times, 50% dos eleitores dizem que votarão no candidato democrata Joe Biden, e 41% no republicano Donald Trump.