Após um domingo de disputas pela região de Nagorno-Karabakh, Armênia e Azerbaijão concordaram em um cessar-fogo a partir desta segunda-feira (26). A informação foi confirmada pelo Secretário de Estado Mike Pompeo, que afirmou em seu perfil oficial no Twitter que os Estados Unidos tinham mediado uma “negociação intensa” entre os ministros das relações exteriores da Armênia, Zohrab Mnatsakanyan, e do Azerbaijão, Jeyhun Bayramov. Poucas horas depois do início da validade do tratado de paz, o cessar-fogo foi quebrado com ambos os lados se acusando das violações. Esta foi a terceira tentativa de estabelecer a paz em quatro semanas de hostilidades. As duas últimas, intermediadas pela Rússia, também foram descumpridas logo após começarem.

*Com informações de agências internacionais