Em longo e detalhado texto, modelo fala sobre parto de emergência quando bebê tinha 20 semanas e agradece apoio. ‘Precisava dizer algo antes de poder seguir em frente’, diz. Chrissy Teigen no dia em que perdeu o terceiro filho
Reprodução/Instagram/ChrissyTeigen
Chrissy Teigen fez um relato longo e detalhado sobre a dor de perder o terceiro filho e as complicações que teve durante a gestação.
“Eu não tinha ideia de quando estaria pronto para escrever isso”, começa o texto da modelo casada com John Legend.
Muito emocionada, ela diz que revê anotações no bloco de notas do celular enquanto escreve o texto e agradece às pessoas que mandaram mensagens de apoio nas redes e pessoalmente.
“Mensagens de estranhos nas redes sociais têm consumido meus dias, a maioria começando com, “você provavelmente não vai ler isso, mas …”. Posso assegurar-lhe que li sim”, afirma.
Chrissy revelou que costuma ter problemas com a placenta, inclusive deu à luz a Miles, o segundo filho, um mês antes porque ele não conseguia se alimentar direito.
Por conta disso e de complicações específicas, ela falou que, no fim, sabia que não conseguiria dar continuidade à gravidez de Jack, nome escolhido para o terceiro filho do casal.
“Eu já havia entendido o que aconteceria: eu faria uma epidural e seria induzida a dar à luz nosso filho de 20 semanas, um menino que nunca teria sobrevivido na minha barriga (desculpem por estes termos simples)”, diz.
“Nós o monitoramos muito de perto, esperando que as coisas sarassem e parassem. Na cama, sangrei e sangrei, levemente, mas o dia todo, trocando minhas próprias fraldas a cada duas horas quando o sangue ficava desconfortável”, continua.
Ela também contou que no dia em que perdeu o filho, teve uma noite ruim com sangramento maior do que estava acostumada a ter:
“Depois de algumas noites no hospital, meu médico me disse exatamente o que eu sabia que estava por vir – era hora de dizer adeus. Ele simplesmente não sobreviveria a isso, e se durasse mais, eu também não sobreviveria”.
“O oxigênio foi colocado sobre meu nariz e boca, e essa foi a primeira foto que você viu. Tristeza total e absoluta”, escreveu sobre a foto que abre esta matéria.
Fotos com Legend
Bebê de modelo Chrissy Teigen e cantor John Legend morre após parto
Reprodução/Instagram
Chrissy Teigen postou fotos em que aparece chorando ao lado do marido e explicou o motivo de registrar aquele momento.
“Eu tinha pedido a minha mãe e John para tirar fotos, não importa o quão desconfortável fosse. Expliquei a um John muito hesitante que precisava deles e que não queria ter que perguntar”, diz.
“Eu sabia que precisava saber desse momento para sempre (…) E eu sabia absolutamente que precisava compartilhar essa história”, continuou.
Ela também falou diretamente com quem a criticou pelo fato de expor aquele momento:
“Não posso expressar o quão pouco me importo que você odeie as fotos. Quão pouco me importo que seja algo que você não teria feito. Eu vivi isso, eu escolhi fazer isso e, mais do que tudo, essas fotos não são para as pessoas que viveram isso ou estão curiosas o suficiente para se perguntar como é algo assim. Essas fotos são apenas para as pessoas que precisam delas. Os pensamentos dos outros não importam para mim”.
Recuperação
Após postar as imagens, Chrissy e Legend ficaram um tempo resguardados com Luna e Miles. A modelo comentou que os filhos enchem a casa de felicidade e se emociona com isso.
“As pessoas dizem que uma experiência como essa cria um buraco em seu coração. Um buraco certamente foi feito, mas foi preenchido com o amor de algo que eu tanto amava. Não parece vazio, este espaço. Parece cheio”, completa.
“Também choro quando fico com raiva de mim mesma por estar feliz. Às vezes eu leio coisas que me fazem rir ou vejo uma postagem no Instagram digna de um like. E sempre esqueço que não estou mais grávida”, diz.
“Eu seguro minha barriga quando ando por aí. Eu tenho um momento de surto quando as crianças pulam na minha barriga inexistente. A clareza após esses momentos sempre me deixa triste”, lamenta a modelo.
Chrissy voltou a agradecer a todos que estiveram por perto e concluiu: “Escrevi isso porque sabia que precisava dizer algo antes de poder seguir em frente e voltar à vida, então, realmente agradeço por me permitir fazer isso”.
Horas depois, ela compartilhou vídeos cozinhando com a filha Luna e uma amiga.
VÍDEOS: Semana Pop explica temas do entretenimento: