O Estado de São Paulo registrou, nesta quarta-feira (28), a menor média móvel semanal de óbitos por Covid-19 dos últimos seis meses. Pelo segundo dia consecutivo, na média móvel de sete dias, o Estado registrou um número inferior a 100. A queda no número de óbitos pelo novo coronavírus foi de 23% em relação aos últimos 15 dias e de 44% em comparação aos últimos 30 dias. De acordo com o governador do Estado, João Doria, essas são boas notícias que comprovam o êxito do Plano São Paulo — mas ele ressaltou que a região ainda exige cuidado, atenção e prevenção.

Tanto Doria quanto o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, reforçaram a importância do uso de máscaras e do distanciamento social. São Paulo tem, nesta quarta, 1.103.582 casos confirmados da Covid-19 e 39.007 óbitos. A taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 39,2% no Estado e de 40% na Grande São Paulo. Quanto ao número de internados, 3.147 estão em UTI e 4.123 em enfermarias — entre casos confirmados ou suspeitos. Os números, no total, estão em níveis abaixo das projeções feitas para a segunda quinzena de outubro.

Operação Finados

O governador do Estado, João Doria, anunciou também que começa na quinta-feira (29) a Operação Finados para o feriado. Serão ações conjuntas que vão acontecer até segunda-feira e envolvem a Polícia Militar, o DER, a Artesp e as concessionárias das rodovias estaduais para garantir a segurança e conforto de quem for viajar. Vai ser mobilizada uma grande força operacional. Apenas no âmbito da Segurança Pública, são: 21,5 mil policiais todos os dias, 8 mil viaturas, 12 drones, 10 helicópteros, 1.815 câmeras de monitoramento, 386 guinchos e 200 ambulâncias. “É nosso dever orientar você, cidadão brasileiro de São Paulo, para ter todo cuidado com aglomerações sobretudo no litoral”, ressaltou Doria.