A Secretária de Assuntos Internos do Reino Unido, Priti Patel, afirmou em comunicado nesta terça-feira, 3, que aumentou o nível de ameaça terrorista no país após uma série de ataques que deixou pessoas mortas na França e na Áustria nos últimos dias. A decisão, tomada pelo Centro de Análise Conjunto para o Terrorismo, órgão independente da pasta administrada por Patel, elevou o estado atual, considerado como “substancial”, para “severo”. “O povo britânico deve ficar em alerta, mas não deve ficar alarmado. Essa é uma medida de precaução adotada após os terríveis acontecimentos que vimos na França na semana e na Áustria na última noite”, garantiu a secretária.

Segundo ela, medidas e ferramentas são articuladas para combater o terrorismo na região. “Nesse estado em particular, se o público tiver qualquer preocupação, peço que eles reportem tudo para a polícia, mas como eu disse, essa é uma medida de precaução”, ressaltou, lembrando que a mudança não é baseada em nenhuma ameaça específica. Segundo o Serviço de Segurança local, o nível de ameaça no país incentiva que qualquer ação suspeita seja reportada à polícia pelo número local (999) ou por uma linha específica e gratuita voltada para ameaças (0800 789 321). Apesar do crescimento, esse ainda não é o nível máximo de alerta no país, que é o “crítico”.