Um novo estudo indica que homens acima de 40 anos deixaram de ir ao médico durante a pandemia. A pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia mostra que 55% do público masculino evitaram buscar um serviço de saúde devido ao surto da Covid-19. O levantamento ouviu 499 participantes em 22 estados do país. Dos homens que admitiram não ter procurado tratamento nesse período, 57% afirmam ter percebido um impacto negativo na saúde.

Só neste ano, o Instituto Nacional do Câncer estima mais de 65,8 mil novos casos do câncer de próstata com mais de 15 mil mortes. O presidente da Sociedade Brasileira de Urologia, Geraldo Faria, ressalta a preocupação com a diminuição do diagnóstico precoce. A pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia revelou ainda que 33% dos homens entrevistados relataram ir regularmente ao urologista, enquanto 3% afirmaram que nunca consultaram um especialista na área. Já para 92% dos entrevistados, a campanha novembro azul de conscientização sobre o câncer de próstata é útil ou importante.

*Com informações do repórter Vinícius Moura