Os eleitores do estado do Mississippi, nos Estados Unidos, votaram e escolheram a nova bandeira da unidade federativa, abolindo o símbolo racista que existia nela. A nova bandeira contém uma magnólia em seu centro com a frase “In God We Trust” (“Confiamos em Deus”, em português). Outro elemento visual presente na imagem são as 20 estrelas, que faz referência à entrada do estado na União em 1817 – sendo o 20º a fazê-lo. Além disso, uma estrela dourada na parte superior da bandeira, que representa as tribos nativas do estado.

A bandeira do estado carregava um símbolo dos Confederados, que, na Guerra Civil Americana (1861-185), lutaram contra a abolição da escravidão. O símbolo é composto por uma cruz azul na diagonal, com 13 estrelas brancas, que representam os estados confederados, e um fundo vermelho. Atualmente, ele é utilizado por grupos supremacistas. Em uma votação realizada em 2001, a população do estado havia decidido manter a bandeira, alegando que a mudança do símbolo apagaria a história do estado. Entretanto, os protestos do movimento Black Lives Matter (“Vidas Negras Importam”) mudaram a visão da população do estado. Em meio aos protestos pela morte de George Floyd, em maio deste ano, os representantes aprovaram a realização de um referendo para substituir a bandeira. O projeto foi sancionado pelo governador do Mississippi, Tate Reeves, que é republicano. A bandeira antiga foi hasteada pela última vez no dia 1º de julho, antes de ser aposentada.