Segundo amigos, ele foi internado na última semana com pico de glicemia, mas teve alta no sábado. Dublador ficou conhecido pela voz em português do personagem nas primeiras temporadas de Rick and Morty. Caio Cesar Nunes, dublador brasileiro do personagem Rick Sanchez
Arquivo pessoal
O dublador Caio César Nunes Oliveira morreu nesta quarta-feira (4), aos 34 anos, em São Paulo. Segundo um amigo de infância de Caio, a família acredita que ele tenha sofrido um infarto.
Caio havia sido internado na semana passada com pico de glicemia, mas teve alta no sábado (1). O dublador morreu após sofrer um desmaio na terça-feira (3). O velório acontece nesta quinta-feira (5), em Vargem Grande Paulista, na Grande São Paulo.
Caio ficou conhecido por dar voz ao personagem Rick Sanchez em português, nas primeiras temporadas da série Rick and Morty, deixando o projeto em 2018.
“A decisão e culpa da substituição da voz é única e exclusivamente minha. Não fizeram sacanagem comigo, eu não morri, o estúdio não foi contra a minha permanência, pelo contrário sempre fui muito bem tratado por eles em tudo, não foi nada disso. Apenas quero deixar claro que a culpa toda é só minha. Portanto peço desculpas aos fãs que prestigiaram o trabalho e faço votos de que o sigam fazendo, pois a voz dessa nova temporada é do fera Ênio Vivona e sei que ele fez o seu trabalho brilhantemente como tudo o que ele faz, o cara é incrível”, explicou ele em um post nas redes sociais em dezembro de 2018.
Caio era casado há cinco anos e não tinha filhos. Segundo amigos e familiares, “ele era muito querido, era a bondade em pessoa”.
Além de Rick Sanchez, Caio deu voz a outros personagens em filmes, séries, games e animes. Segundo amigos, ele realizou um sonho ao participar do time de dubladores do game “Os Cavaleiros do Zodíaco – Alma dos Soldados”, já que era fã da série.