Em meio à uma nova onda de casos da Covid-19 na Europa, o Instituto Superior de Saúde da Itália (ISS) afirmou que existe a possibilidade de uma epidemia descontrolada ser registrada em todo o território com colapso dos hospitais caso o número de infecções pelo coronavírus continue aumentando. A declaração acontece ao mesmo tempo em que o governo elevou as restrições em cinco outras regiões, que passaram para a zona laranja. A classificação proíbe o funcionamento de restaurantes e bares durante o dia todo e a circulação é permitida apenas dentro dos municípios. “Na semana seguinte, todas as regiões serão classificadas como de alto risco de uma epidemia descontrolada no território ou de risco moderado com alta probabilidade progredir para alto risco nas próximas semanas”, escreveu o ISS.

Enquanto isso, a imprensa local antecipa nesta terça-feira, 10, que o governo cogita um confinamento nacional. Entre as principais preocupações das autoridades estão os centros de saúde, pois que existem “situações críticas de serviços locais e limiares críticos de ocupação de serviços hospitalares em todas as regiões”. Considerando o cenário, o ISS recomenda “uma redução drástica das interações físicas entre as pessoas a fim de aliviar a pressão sobre os serviços de saúde”. “É essencial que as pessoas evitem todas as ocasiões de contato com pessoas fora de casa que não sejam estritamente necessárias e fiquem em casa o máximo de tempo possível”, afirmou a agência.

*Com Agência EFE