♪ O título do CD e DVD lançados por Fernanda Abreu neste mês de dezembro, Amor geral (a)live, faz engenhoso jogo de palavras que alude tanto ao fato de a gravação do show de 2016 ter sido feita ao vivo (live quer dizer ao vivo em inglês) como denota sobrevivência em ano insano (alive significa estar vivo em inglês).
Sem falar que live é o termo popularizado no Brasil ao longo de 2020 como sinônimo de transmissão ao vivo pela internet de shows apresentados sem público por conta do isolamento social.
O show Amor geral não chegou a ser transmitido via web na noite de 13 de março, dia em que foi gravado na casa de shows Imperator, no Rio de Janeiro (RJ), cidade natal da artista. Contudo, o registro audiovisual foi feito sem público, impedido de entrar na casa para assistir à gravação por conta de decreto municipal – divulgado naquela noite, sem aviso prévio, horas antes da gravação – que determinou o fechamento de todas as casas de shows do circuito carioca.
Show que chegou aos palcos nacionais em 28 de outubro de 2016, em apresentação na casa Vivo Rio (RJ), Amor geral fica perpetuado em CD, DVD e álbum ao vivo apresentado em edição digital na sexta-feira, 11 de dezembro. Em todos os formatos, o roteiro é formado por 16 números que totalizam 17 músicas, além da apresentação da banda.
Filmado com caprichada captação de imagens feita sob a direção de Paulo Severo, o show Amor geral fica eternizado em vídeo com a participação da Focus Cia de Dança, além dos dançarinos Hiltinho (egresso do grupo Dream Team do Passinho) e Neguebites (do projeto Heavy Baile).
Dirigida e coreografada por Alex Neoral, a companhia de dança entrou em cena na apresentação de Amor geral no Rock in Rio 2017 e, desde então, ficou associada ao espetáculo orquestrado pela própria Fernanda Abreu sob direção musical de Tuto Ferraz – baterista da banda também integrada pelos músicos André Carneiro (baixo), Fernando Vidal (guitarra) e Thiago Gomes (teclados) – com cenografia e direção de arte de Luiz Stein.
Capa do DVD ‘Amor geral (a)live’, de Fernanda Abreu
Alexandre Calladinni
♪ Eis, na ordem do CD e DVD Amor geral (a)live, as músicas cantadas por Fernanda Abreu na gravação ao vivo do show Amor geral :
1. Amor geral (Fernanda Abreu, Wladimir Gasper e Fausto Fawcett, 2016)
2. Outro sim (Fernanda Abreu, Gabriel Moura e Jovi Joviniano, 2016)
3. Eu vou torcer (Jorge Ben Jor, 1974)
4. Saber chegar (Fernanda Abreu, Donatinho, Tibless e Play Pires, 2016)
5. Você pra mim (Herbert Vianna, 1990)
6. Bidolibido (Fernanda Abreu, Rodrigo Campello e Jovi Joviniano, 2004) – com citação de De noite na cama (Caetano Veloso, 1971)
7. Veneno da lata (Fernanda Abreu e Will Mowatt, 1995)
8. Garota sangue bom (Fernanda Abreu e Fausto Fawcett, 2015)
9. Medley Sla 1:
A noite (Fernanda Abreu, Luiz Stein e Carlos Laufer, 1990) /
Kamikazes do amor (Fernanda Abreu, 1990) /
SLA radical dance disco club (Fernanda Abreu e Leoni, 1990)
10. Deliciosamente (Fernanda Abreu, Alexandre Vaz e Jorge Ailton, 2016)
11. Kátia Flávia, Godiva do Irajá (Carlos Laufer e Fausto Fawcett, 1987)
12. Baile da pesada (Fernanda Abreu e Rodrigo Maranhão, 2000)
13. Double love (Amor em dose dupla) (Carlos Laufer e Fausto Fawcett, 2016)
14. Tambor (Fernanda Abreu, Gabriel Moura, Jovi Joviniano e Afrika Bambaataa, 2016)
15. Rio 40 graus (Fernanda Abreu, Carlos Laufer e Fausto Fawcett, 1992) com sample de Picapau
16. Apresentação da banda com citação de Dê um rolê (Moraes Moreira e Luiz Galvão, 1971)