Todos os 27 países que compõem a União Europeia iniciarão sua vacinação contra a Covid-19 no mesmo dia. A afirmação foi feita nessa quarta-feira, 16, pela presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, depois que a Agência Europeia de Medicamentos (AEM) adiantou para o dia 21 a reunião que discutirá a aprovação da vacina desenvolvida pela Pfizer com a BioNTech. Caso o imunizante receba a autorização, é possível que a campanha comece antes do Natal. “Provavelmente, os primeiros europeus serão vacinados antes do fim de 2020“, disse a presidente.

A vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Pfizer e pela BioNtech é apenas um dos imunizantes contratados pela União Europeia. O bloco também comprou doses das vacinas da AstraZeneca, CureVac, Johnson &Johnson, Moderna e Sanofi. Juntas, essas aquisições representam dois bilhões de doses para uma população de cerca de 450 milhões de habitantes – ainda que sejam necessárias duas doses para garantir a imunização, a quantidade é mais do que suficiente para proteger a todos contra o novo coronavírus.

*Com informações de agências internacionais