O presidente do Irã, Hassan Rouhani, expressou felicidade pela saída de Donald Trump da presidência dos Estados Unidos, apesar da vitória do democrata Joe Biden também não lhe causar grande entusiasmo. “A saída de um homem que cometeu um crime e foi terrorista e era desprovido de princípios humanos é gratificante para nós e estamos muito felizes que este tirano tenha sido derrubado”, afirmou nesta quarta-feira, 16, durante a sessão semanal do gabinete. A declaração foi feita um dia depois do Colégio Eleitoral confirmar o resultado das eleições presidenciais. A relação entre o Irã e os Estados está especialmente abalada desde 2018, quando o presidente Donald Trump retirou o seu país do Acordo Nuclear e impôs duras sanções contra a nação do Oriente Médio.

A expectativa é que o presidente eleito Joe Biden retire as sanções mediante a promessa de que o Irã deixará de enriquecer urânio em quantidades superiores ao permitido. Em seu discurso, Hassan Rouhani disse entender que esse tipo de conduta está mais de acordo com os princípios do democrata. “A nação americana votou no estado de direito e no compromisso com os pactos, não a favor da anarquia e da violação de tratados. Nossa exigência é de estabilidade, segurança, paz em todo o mundo e interação construtiva com todos os países. Os americanos podem escolher o caminho da interação”, afirmou.

*Com informações da EFE