Segundo o jornal britânico ‘The Sun’, ator ameaçou demitir parte da equipe caso não obedecesse regras. Tom Cruise nas filmagens do novo ‘Missão Impossível’ em Veneza, na Itália
Marco Sabadin/AFP
Tom Cruise deu uma bronca devido a uma aparente violação dos protocolos de segurança contra a Covid-19 no set londrino do novo filme da franquia “Missão Impossível”, dizendo a membros da equipe que serão demitidos se não obedecerem as regras, noticiou o jornal britânico “The Sun” na terça-feira (15).
Em comentários repletos de palavrões capturados em uma gravação de áudio obtida pelo jornal, o astro e produtor do filme de ação gritou com a equipe por causa de lapsos de distanciamento social e outra regras que permitem que filmes sejam feitos durante a pandemia de coronavírus.
Tom Cruise posa para fotos do novo ‘Missão Impossível’ em outubro de 2020, em Veneza, na Itália
Andrea Pattaro/AFP
Uma fonte próxima da produção disse que a gravação é autêntica. O representante de Cruise não quis comentar.
“Estou no telefone com cada p**** de estúdio de noite, seguradoras, produtores, e eles estão nos olhando e nos usando para fazer seus filmes”, disse o ator à equipe no set.
“Vocês entendem a responsabilidade que têm? Se vocês não conseguirem ser razoáveis e eu não conseguir lidar com sua lógica, vocês estão demitidos”, acrescentou, de acordo com a gravação.
Tom Cruise em ‘Missão Impossível’; foto tirada em 20 em outubro, em Veneza, na Itália
Andrea Pattaro/AFP
O “Sun” não disse quando o incidente ocorreu, mas os cineastas chegaram a Londres no início de dezembro.
O sétimo filme da franquia “Missão Impossível” foi um dos primeiros a suspender produção por causa do coronavírus ao abandonar filmagens em Veneza, na Itália, em fevereiro.
Como o medo do coronavírus está alterando rota do pop