O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, informou nesta sexta-feira, 18, que a vacina para Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica americana Moderna foi aprovada no país. A FDA (Food and Drug Administration), agência responsável pelo registro de medicamentos, ainda não se pronunciou sobre a aprovação da Moderna. “A vacina Moderna foi esmagadoramente aprovada. Distribuição começará imediatamente”, antecipou o republicano em sua conta oficial no Twitter. A Moderna solicitou à FDA a autorização para uso emergencial da vacina no dia 30 de novembro. Em 15 de dezembro, a agência confirmou a eficácia de 94,1% do produto, após uma revisão dos resultados da fase 3 dos testes clínicos.

Nesta manhã, o vice-presidente Mike Pence foi vacinado com o imunizante da Pfizer, em uma transmissão televisionada. A vacinação no país começou na última segunda-feira, 14, após a FDA ter aprovado o imunizante da Pfizer/BioNTech na semana passada. “É um milagre médico”, declarou o republicano depois de receber a dose. De acordo com ele, o objetivo foi “construir confiança na vacina”. “Esta semana foi o começo do fim da pandemia de coronavírus”, afirmou Pence, “mas com os casos em alta e as hospitalizações aumentando, ainda temos um caminho pela frente.”

*Com informações do Estadão Conteúdo