Comunicado emitido neste sábado, 19, pelo órgão regulador da Suíça, Swissmedic, informou que foi liberada a vacina da Pfizer e da BioNTech contra a Covid-19 para uso no país. A nota lembra que é a primeira vez no mundo em que a autorização para o imunizante contra o coronavírus é dada por meio de um procedimento ordinário, não por um aval de uso emergencial. O órgão afirma que os dados mostram que o nível de proteção garantido após sete dias da aplicação da segunda dose da vacina é de mais de 90%. A autorização é dada dois meses após a agência ter recebido o pedido das empresas. Segundo o órgão suíço, os dados disponíveis mostram que a vacina tem alto nível de eficácia em todos os grupos etários investigados, portanto cumpre com os requisitos de segurança. Um comitê independente também deu aval para a vacina no país nesta semana, diz a nota.

* Com Estadão Conteúdo