A Agência de Medicamentos da União Europeia (EMA, na sigla em inglês) aprovou oficialmente o uso da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Pfizer em parceria com a BioNTech, que demonstrou uma eficácia de 95% contra a doença. O anúncio aconteceu nesta segunda-feira, 21, conforme esperado pela Comissão Europeia, que prevê início da campanha de vacinação nos próximos dias 27, 28 e 29. Juntos, os países que compõem o bloco adquiriram 300 milhões de doses do imunizante, que já recebeu autorização para ser aplicada em caráter emergencial no Reino Unido, nos Estados Unidos, no Canadá, na Arábia Saudita, no Chile e no México. No entanto, a EMA exigiu que a Pfizer e a BioNTech submetam mais dados sobre a vacina em 2021 e determinou que as pessoas que receberam a vacina deverão permanecer em observação por pelo menos 15 minutos depois de receber a dose, visto que foram reportadas reações alérgicas graves nos Estados Unidos.

*Com informações de agências internacionais