Autoridades do Japão afirmaram que detectaram pela primeira vez vários casos da nova cepa do coronavírus, que foi trazida por viajantes que chegaram do Reino Unido. Dois casos apareceram nos testes realizados em passageiros do aeroporto de Haneda, em Tóquio, no último dia 21, e outros três em Kansai, na província de Osaka, no dia 18. Quatro dessas pessoas estão assintomáticas. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 25, pelo ministro da Saúde, Norihisa Tamura. Ele não divulgou a identidade ou nacionalidade dos infectados com a nova variante do coronavírus, aparentemente muito mais contagiosa do que a surgida no final do ano passado na cidade de Wuhan, na China.

Desde ontem, o Japão proibiu a chegada de estrangeiros oriundos do Reino Unido, mas essa proibição não afeta os japoneses que já estiveram naquele país ou estrangeiros residentes no país asiático. Conforme anunciado hoje, a mesma restrição valerá a partir de amanhã para a África do Sul, onde também foi detectada a nova cepa. De acordo com o último boletim, no Japão registrou até o momento 215 mil casos e 3.197 mortes por Covid-19.

*Com informações da EFE