A região de Madri confirmou quatro casos da nova cepa da Covid-19 surgida no Reino Unido e atualmente possui outros três suspeitos, nos quais o genoma do vírus está sendo sequenciado, informou neste sábado, 26, a Direção-Geral de Saúde Pública da região. De acordo com vice-ministro da Saúde Pública de Madri, Antonio Zapatero, durante entrevista coletiva para falar sobre a evolução da situação epidemiológica na região, os casos provêm de quatro cidadãos que viajaram para o Reino Unido. Na sexta-feira, 25, a França registrou o primeiro caso da variante do vírus SARS-CoV-2 em uma pessoa que voltou de Londres no último sábado, informou o Ministério da Saúde. Holanda e Dinamarca também confirmaram casos da nova cepa.

A nova variante detectada no Reino Unido neste mês causou o fechamento da fronteira da maioria dos países europeus com a Grã-Bretanha para impedir sua expansão. Como resultado, milhares de caminhoneiros estão esperando há dias para entrar na França vindos dos portos britânicos. Na França, o caso foi diagnosticado na cidade de Tours, no centro do país. De acordo com o Ministério da Saúde, o paciente está assintomático e bem. O cidadão francês foi examinado em um hospital na última segunda, 21, e deu positivo para a nova cepa do vírus. As autoridades têm acompanhado os contatos entre os profissionais de saúde que cuidam do paciente.

*Com informações da EFE