O governo japonês irá proibir entrada de estrangeiros no país a partir da próxima segunda-feira, 28. A medida será válida até o fim do mês de janeiro de 2021, segundo a Bloomberg. O Japão vem enfrentando um aumento brusco de casos de Covid-19 e registou infecções pela nova cepa do coronavírus. Neste sábado, 26, a capital Tóquio registrou recorde de casos diários, com 949 infecções nas últimas 24 horas. Cidadãos japoneses e estrangeiros com residências que antes podiam voltar ao país sem a necessidade de quarentena serão obrigados a fazer quarentena por 14 dias.

A nova variante do coronavírus foi detectada em 5 viajantes que estiveram no Reino Unido, local onde a nova cepa foi identificada. Hoje, a Espanha confirmou quatro casos da nova cepa. França confirmou o primeiro caso na sexta-feira, 25. Holanda, Dinamarca e Suécia também já confirmaram casos da nova cepa. Na quinta-feira, 24, o Japão já havia proibido a entrada de estrangeiros vindos do Reino Unido. A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que não existem evidências de que a nova variação do coronavírus cause uma infecção mais grave ou afete a eficácia das vacinas já desenvolvidas. A declaração foi feita dias após a nova cepa, que tem uma transmissibilidade 70% maior, ter sido identificada. De acordo com especialistas, a nova cepa não afeta as vacinas já desenvolvidas contra a Covid-19.