O caso mais famoso de desaparecimento de criança no mundo pode ter seu ponto final em 2021. Os detetives alemães que trabalham no caso da britânica Madeleine McCann pretendem finalizar as investigações no próximo ano. Segundo o site The Sun, a polícia irá interrogar o principal suspeito pelo desaparecimento no dia 31 de dezembro. Acusado de estupro e pedofilia, Cristian B. teria relatado a um colega de prisão que foi o responsável pelo sequestro e pela morte da garota de três anos em 2007. Essa será a primeira vez que ele será interrogado pelos investigadores.

“Os oficiais alemães esperavam que, a essa altura, eles já tivessem encontrado as peças que faltavam no quebra-cabeça que precisam para vincular (Christian B) ao desaparecimento de Madeleine. Mas eles continuam tão determinados como sempre e não haverá absolutamente nenhuma pausa no Ano Novo. A polícia alemã não vai tirar o pé do acelerador”, disse uma fonte próxima do caso ao jornal. O caso voltou à tona neste ano quando novas pistas levaram a Cristian e a um terreno baldio no interior da Alemanha, mas nenhum resto mortal foi encontrado. Porém, a polícia afirma ter “evidências concretas” de que Madeleine está morta.

“As relações entre a Alemanha e Portugal continuam muito ruins. Os policiais na Alemanha sabem que suas suspeitas só serão percebidas por meio de trabalho árduo e policiamento à moda antiga”, emendou a fonte. Os investigadores devem retornar ao resort na Praia da Luz, em Portugal, onde o desaparecimento aconteceu.