Um deslizamento de terra atingiu uma área residencial na aldeia de Ask, na cidade de Gjerdrum, a cerca da capital da Noruega, Oslo, nesta quarta-feira, 31, deixando ao menos 10 feridos. Segundo a polícia, 21 pessoas ainda não foram localizadas, mas não estão oficialmente desaparecidas, já que as autoridades trabalham com a hipótese de que elas possam ter deixado a região. A polícia local foi alertada por volta das 4 horas da manhã e estimou que aproximadamente 700 das quase 5 mil pessoas que vivem na região foram evacuadas da região por conta da possibilidade de novos deslizamentos. De acordo com a polícia, uma pessoa ficou gravemente ferida enquanto que os outros nove tiveram ferimentos mais leves.

O deslizamento atingiu uma estrada da cidade e criou uma cratera profunda, impedindo que os carros passem na região. Ao menos oito casas foram destruídas no deslizamento. A porta-voz da polícia, Roger Pettersen relatou que as pessoas que não foram localizadas podem estar nas construções que desabaram. O rei Harald, da Noruega prestou solidariedade após o episódio. “Meus pensamentos estão com todos aqueles que foram afetados, feridos ou perderam suas casas e aqueles que agora vivem com medo e na incerteza da extensão total da catástrofe”.

*Com informações do Estadão Conteúdo