O ex-presidente dos Estados Unidos Jimmy Carter e a ex-primeira dama Rosalynn Carter não vão viajar até Washington D.C. para a posse do democrata Joe Biden, marcada para o dia 20 de janeiro. “O presidente e a senhora Carter não vão viajar para a inauguração, mas mandam os melhores votos para o presidente eleito Biden e para a vice-presidente eleita Harris. Eles aguardam ansiosamente uma administração bem sucedida”, afirmou Deanna Congileo, porta-voz do presidente, em nota enviada ao canal norte-americano CNN. Aos 96 anos, Carter é o presidente mais velho ainda vivo no país. Ele sobreviveu a um câncer no cérebro no ano de 2019 e está isolado em decorrência da pandemia do novo coronavírus. A posse de Biden deve ser majoritariamente online e o novo presidente chegou a pedir que os apoiadores não viajem para o local de posse para evitar aglomerações. Os Estados Unidos acumulam mais de 10 milhões de contaminações pelo coronavírus e ultrapassaram os 300 mil óbitos.