A mulher atingida por um tiro no peito durante a invasão do Capitólio dos Estados Unidos na tarde desta quarta-feira, 6, morreu após ser socorrida para um hospital local. Segundo o jornal norte-americano The New York Times, a identidade da vítima não foi revelada até o momento. Também não há informações sobre a pessoa que disparou o tiro que a atingiu. Em vídeos divulgados nas redes sociais, é possível ver a mulher tentando escalar uma porta quebrada pouco antes de um barulho de tiro ser ouvido. A vítima, que estava enrolada em uma bandeira dos Estados Unidos, cai no chão logo após o estampido. Ao redor, é possível ver homens fardados e armados.

A invasão no Capitólio dos Estados Unidos por parte de apoiadores do republicano Donald Trump ocorreu durante a cerimônia de formalização da eleição do democrata Joe Biden. O atual presidente dos Estados Unidos, que publicou ao longo da semana uma série de mensagens chamando sem provas o sistema eleitoral de fraudulento, pediu em um vídeo nas redes sociais que os manifestantes voltassem para casa. Em uma coletiva de imprensa, o presidente eleito Joe Biden criticou Donald Trump e convidou o presidente republicano a ir à TV aberta pedir que os invasores voltassem para casa.