Uma mulher jovem foi baleada no peito durante a invasão ao Congresso dos Estados Unidos nesta quarta-feira, 6, por parte de apoiadores do presidente Donald Trump, segundo informaram fontes dos serviços de emergência de Washington à “Fox”. Um usuário do Twitter, que afirmou estar no protesto, publicou um vídeo em que a mulher aparece ensanguentada e escreveu que ela havia “acabado de ser baleada ao seu lado no Capitólio”. Nas imagens, também é possível escutar os manifestantes gritando que “tiros haviam sido disparados”, enquanto membros da segurança do Congresso sacavam armas. Em outro vídeo, divulgado pelo mesmo homem, pessoas gritam por ajuda e tentam auxiliar a jovem, que permanece no chão coberta por sangue. Não há informações se o tiro partiu da polícia ou dos manifestantes, já que alguns estavam armados.

Assista ao vídeo:

Um grupo de manifestantes a favor do presidente dos Estados UnidosDonald Trump, invadiu o Capitólio, sede do Legislativo americano, em Washington DC após confrontos com a polícia local. Os protestos acontecem nesta quarta-feira, quando o Senado americano deveria certificar a vitória de Joe Biden nas eleições realizadas em 3 de novembro, confirmando o democrata como novo presidente dos EUA.  Diversos vídeos do confronto foram postados nas redes sociais e mostram centenas de apoiadores de Trump avançando contra proteções e barreiras de contenção montadas pelos policiais. Durante os protestos, um grupo de manifestantes conseguiu ultrapassar as barreiras e entrar no Capitólio. Jornalistas que estavam dentro do prédio foram orientados a ficarem longe das janelas e portas do edifício, que entrou em lockdown e suspendeu a sessão em que Biden seria confirmado como novo presidente dos EUA.