O Canadá se surpreendeu com o que a sua população é capaz de fazer para burlar o novo toque de recolher no Québec. Implementada pelo premier François Legault no último sábado, 9, a medida proíbe que os moradores saiam de casa entre 20h e 5h para conter a disseminação do novo coronavírus, mas abre uma exceção para saídas noturnas para que os cachorros façam suas necessidades dentro de uma área de até um quilômetro da residência. Aproveitando-se dessa brecha, uma mulher foi parada pela polícia ao passear com o marido, que estava preso a ela por uma coleira. O flagrante aconteceu às 21h na rua onde o casal mora e resultou em uma multa de CAD$ 1.500 para cada um, o equivalente a R$ 12.812 no total. Segundo a emissora de televisão canadense CTV, a mulher disse que não pretende pagar a multa e argumentou com os policiais que não estava quebrando nenhuma regra, apesar dos agentes terem respondido que o seu marido não é um animal de estimação.