O Ministério da Educação (MEC) anunciou neste domingo, 11, uma mudança no cálculo das notas de corte usadas para as inscrições do Sistema de Seleção Unificada, o Sisu. Isso significa que foi retomado o formato que era adotado até 2019. A mudança faz com que a nota do aluno que estiver pré-classificado para a sua primeira opção de curso não seja mais contabilizada na nota de corte da segunda opção. Nas duas edições do Sisu no ano passado, a nota foi contada nos dois cálculos ao mesmo tempo, o que pode ter feito subir de modo artificial as notas mínimas para a classificação.

As inscrições do Sisu acontecem até as 23h59 da próxima quarta-feira, 14, e o sistema será atualizado na madrugada de segunda para terça-feira. O Ministério da Educação informa que os alunos têm esses dias, portanto, para confirmar suas inscrições com base no cálculo corrigido. Neste ano serão ofertadas 209.190 mil vagas, distribuídas em 5.685 mil cursos de graduação. Os resultados serão divulgados na sexta-feira, 16, e as matrículas devem ser realizadas entre os dias 19 e 23 de abril.

*Com informações do repórter Fernando Martins