O tenente-coronel da Polícia Militar de São Paulo Luis Carlos Hiromi Nagao assumiu, nesta quinta-feira, 20, a presidência do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama). A mudança foi feita um dia depois de o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, determinar o afastamento do então chefe da autarquia, Eduardo Bim. A ordem foi dada no âmbito da Operação Akuanduba, deflagrada pela Polícia Federal na quarta-feira e que cumpriu mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. O novo presidente do Ibama, Luis Carlos Hiromi Nagao, foi nomeado diretor de Planejamento, Administração e Logística do Ibama em 2019. Ele não foi alvo da operação.

*Com informações do repórter Vitor Brown