A barreira sanitária montada na entrada de São Sebastião, um dos principais destinos do litoral paulista, foi suspensa neste sábado, 27, após a formação de filas na rodovia Rio-Santos. Segundo administração municipal, a estrutura usada para a realização de testes contra a Covid-19 foi desmontada a pedido da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) por estar interferindo no trânsito no primeiro fim de semana do feriado prolongado decretado pela Prefeitura de São Paulo. Não há previsão para a retomada dos trabalhos no local.

A barreira foi montada na divisa de Boraceia, na Costa Sul de São Sebastião, como medida de evitara propagação da Covid-19. Até 18 h desta sexta-feira, 26, 459 testes rápidos foram realizados, sendo que 19 deram positivo para o novo coronavírus. As pessoas foram direcionadas a retornar ao município de origem, procurar uma unidade de saúde e realizar quarentena domiciliar.

Além da cidade litorânea, outros municípios do Estado de São Paulo também adotam bloqueios sanitários semelhantes. No ABC Paulista, agentes da saúde de São Caetano do Sul promovem a barreia em quatro pontos da cidade. O esquema paralisa os carros com placas de outros municípios, os profissionais medem a temperatura dos integrantes do veículo, fazem perguntas sobre o motivo da entrada no município e, se não houver justificativa de trabalho essencial, orientam que as pessoas voltem a sua cidade. A medida, no entanto, é apenas de recomendação.