O Governo do Mato Grosso do Sul anunciou neste domingo, 6, que irá transferir pacientes com Covid-19 da capital Campo Grande para o estado de São Paulo. A decisão aconteceu após uma reunião que teve representantes dos dois estados, além do Ministério da Saúde e da Defesa. A situação no Estado é grave. Em boletim epidemiológico emitido neste sábado, 5, a Secretaria de Saúde do Mato Grosso do Sul informou que a taxa de ocupação de leitos de UTI para adultos está em 107%, enquanto o pediátrico está em 120%. Os leitos clínicos adulto estão em 91%. O mesmo documento apontou que o número total de casos é de 300.243 e os óbitos estão em 7.072 (taxa de letalidade em 2,3%). Em nota publicada pela Secretaria de Saúde do Estado, o secretário Geraldo Resende agradeceu o ‘gesto humanitário’ do governo de São Paulo.

“Seremos eternamente gratos com São Paulo, assim como Rondônia por essa ajuda tão importante neste momento crítico que Mato Grosso do Sul está enfrentando”, disse. A princípio serão transferidos pacientes internados em unidades de saúde de Campo Grande e que as famílias já deram autorização. O translado será feito em ambulâncias até a base aérea da cidade. O avião com os pacientes desembarca no aeroporto de Congonhas ainda na tarde deste domingo e os pacientes serão encaminhados para o Hospital Geral Vila Penteado, na zona oeste, e o Hospital Estadual Metropolitano Santa Cecília, na região central. O Estado transferiu até o momento nove pacientes para o Estado de Rondônia.