O governo de Pernambuco anunciou nesta segunda-feira, 15, que todo o estado entrará em quarentena entre a próxima quinta-feira, 18, para tentar conter a disseminação da Covid-19 no Estado. Neste período, apenas atividades essenciais serão permitidas. Estão incluídas na lista de atividades essenciais os supermercados, padarias, postos de gasolina, hospitais veterinários, clínicas, ambulatórios, hospitais, bancos, lotéricas, transporte público, indústrias, atacados e termelétricas, construção civil, lojas de material de construção, de equipamentos de informática, de materiais agrícolas, oficinas, assistências técnicas e lojas de veículos.

Praias e parques ficarão fechados, assim como bares, restaurantes, lojas comerciais, salões de beleza e academias de ginástica. Templos religiosos poderão abrir apenas para atividades administrativas e para realizar cerimônias online. A medida foi tomada em um momento no qual mais de 95% dos leitos de UTI para Covid-19 no Estado estão ocupados. A taxa de mortalidade local é de 119,1 para cada 100 mil habitantes. Até o momento, segundo dados do Ministério da Saúde, 317.528 pessoas foram contaminadas pela doença e 11.383 morreram de Covid-19 em Pernambuco desde o início da pandemia. Até este domingo, 14, 605 mil doses de imunizantes tinham sido aplicadas na população local.