Kaio Guilherme da Silva Baraúna foi atingido na cabeça por uma bala perdida na tarde da última sexta-feira, 16, na Vila Aliança, em Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro. O menino de oito anos se encontra em estado grave em um leito de UTI, no Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz, na mesma região, após passar por uma cirurgia. Ele chegou a ser encaminhado para outro hospital, mas não conseguiu vaga. A mãe da criança, Thais Silva, diz que os dois estavam em uma festa infantil com cerca de 30 crianças que acontecia em um espaço aberto.

Por volta das 16h30, o menino Kaio estava na fila para pintura de rosto quando, de repente, caiu no chão com a cabeça sangrando. Por causa do distanciamento entre as crianças, Thais descartou a hipótese de que o filho teria sido empurrado por algum coleguinha e batido a cabeça em uma pedra. Ela também afirma que não havia confronto na região. Um vizinho, que é socorrista, ajudou a levar Kaio às pressas para o hospital. A Policia Militar confirmou que não fez Operação no horário e no local onde Kaio foi baleado. A criança chegou à unidade em parada cardiorrespiratória, foi reanimada e passou pelos procedimentos de emergência necessários para estabilizar o quadro. A Polícia Civil do Rio ainda está investigando de onde partiu o disparo.

*Com informações da repórter Caterina Achutti