O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou, na manhã desta quarta-feira, 24, o início da vacinação de professores e policiais no Estado. Mais detalhes do processo de imunização serão concedidos em coletiva de imprensa, no Palácio dos Bandeirantes, às 12h45. “Feliz em poder anunciar que vamos começar a vacinação de professores e policiais contra Covid-19 no Estado de SP”, escreveu o tucano em suas redes sociais. A data sobre o início da imunização destes profissionais não foi informada.

Nesta quarta, Doria acompanhou a liberação de mais 2,2 milhões de doses da vacina do Instituto Butantan contra o coronavírus que serão entregues a todo o país. Com o novo lote, o total de imunizantes oferecidos pelo Estado de São Paulo ao Programa Nacional de Imunização (PNI) chega a 27,8 milhões de doses desde o início das entregas, em 17 de janeiro. Até o fim de abril, o total de vacinas garantidas pelo Butantan ao país somará 46 milhões. Até o fim de agosto, o instituto trabalha para entregar outras 54 milhões de doses, totalizando as 100 milhões de doses previstas em contrato.