O  governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira, 9, que o Estado voltará para a fase vermelha do Plano São Paulo até o dia 19 abril. A fase emergencial, mais restritiva, iniciada em 15 de março, termina neste domingo, 11. A mudança foi anunciada em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes pelo vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (Democratas). Na prática, fica liberada a volta às presenciais e a abertura de serviços como de lojas de materiais de construção. O serviço de retirada direta de pedidos em bares e restaurantes voltará a ser permitido.

*Mais informações em instantes