O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira, 14, as datas para vacinação contra a Covid-19 dos idosos acima de 60 anos. Quem tem 63 ou 64 anos poderá receber o imunizante no dia 29 de abril. Já as pessoas de 60, 61 e 62 anos recebem a partir do dia 6 de maio. O governador João Doria deixou claro que esse cronograma de datas conta com a entrega de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca pela Fiocruz, prevista para as próximas semanas — que deve ser o imunizante recebido de forma majoritária por essas faixas etárias.

São esperadas 2,240 milhões de pessoas para serem imunizadas nesta idade. Na próxima quarta-feira, dia 21, se inicia a imunização dos idosos de 65 e 66 anos. Ao todo, 8,2 milhões de doses já foram aplicadas apenas no Estado de São Paulo, entre primeiras e segundas doses. Após a faixa dos 60 anos ser vacinada, é previsto que entrem os grupos com comorbidades. Hoje, o Instituto Butantan superou 40 milhões de doses entregues ao Ministério da Saúde para serem distribuídas pelo Brasil através do Plano Nacional de Imunização (PNI). Segundo o diretor do Butantan, Dimas Covas, uma nova remessa com 3 mil litros de insumos para a CoronaVac, que vão servir para produção de mais de 5 milhões de doses, vai chegar no dia 19 de abril.

O Estado de São Paulo tem, nesta quarta-feira, 2.686.031 casos confirmados da Covid-19 e 85.475 óbitos pela doença. A taxa de ocupação dos leitos de UTI está em 86,4% no Estado e em 84,9% na Grande São Paulo. Entre o número de internados, 11.798 estão em UTI e 13.462 estão em enfermarias. Nas últimas duas semanas, os casos de Covid-19 tiveram alta de 5%. Os óbitos tiveram elevação de 13%. Já as internações tiveram queda de 17,4%.