O estado de São Paulo anunciou nesta quarta-feira, 17, a antecipação para vacinação de idosos com idades entre 72 e 74 anos para a próxima sexta-feira, dia 19 de março. A princípio, essa faixa etária seria contemplada com a imunização contra a Covid-19 a partir do dia 22. “Reconheço que há uma ansiedade na obtenção da vacina, para que recebam no braço a vacina do Butantan, mas para evitar o desconforto lembrem que podem fazê-lo ao longo de todo o dia, até as 17h”, afirmou o governador João Doria, que pediu que o público evitasse se concentrar nos locais de vacinação, postos de saúde e espaços de drive thru, na sexta de manhã. A antecipação deve atingir um grupo de 730 mil pessoas e, segundo a coordenadora de controle de doenças da Secretaria do Estado de Saúde, Regiane de Paula, ela foi possibilitada por causa da distribuição bem sucedida de doses da CoronaVac por parte do Instituto Butantan.

Regiane de Paula lembrou da importância de fazer o pré-cadastro no site do “vacine já”, algo que diminui o tempo de espera dos idosos na fila de 10 para 2 minutos. “Não precisa aglomerar, os municípios estão abastecidos com vacina, lembrando que estamos também fazendo vacinação de dose 2 de outros grupos prioritários, então vamos com muita calma. Cada município vai saber qual é a melhor forma de vacinar o seu público alvo”, afirmou. Nas últimas atualizações de faixa etária para imunização, o governo do Estado pediu que aqueles que fossem tomar a segunda dose da vacina priorizassem o horário da tarde, deixando livre o turno da manhã para os que estivessem fazendo o reforço. Até o momento, segundo o vacinômetro do Estado, 3.012.308 pessoas tinham recebido a primeira dose em toda a unidade federativa.

Distribuição de vacinas

Também nesta quarta-feira, 17, o Estado anunciou a entrega de duas milhões de doses da vacina CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan, ao Ministério da Saúde. “Fizemos uma entrega de 3 milhões e 600 mil doses na última segunda-feira, ou seja, em três dias entregamos 5 milhões e 600 mil doses da vacina do Butantan para o Ministério da Saúde”, afirmou o governador, que parabenizou a Fundação Oswaldo Cruz pela entrega de outros 500 mil imunizantes desenvolvidos por eles no Brasil. Com a distribuição desta quarta, de acordo com dados do próprio governo estadual, 22,6 milhões de doses da CoronaVac foram entregues até o momento.