O Governo do Estado de São Paulo incluiu pessoas com comorbidades ou deficiências que tenham idade entre 45 e 49 anos na campanha de vacinação contra a Covid-19. O anúncio foi feito pelo governador João Doria (PSDB) nesta quarta-feira, 12, e o novo grupo passará a fazer parte da campanha na próxima semana. “A partir de 21 de maio, sexta-feira da semana que vem, serão vacinadas as pessoas com comorbidade na faixa etária entre 45 e 49 anos de idade. E também nesta mesma data, 21 de maio, começaremos a vacinação das pessoas com deficiência permanente na mesma faixa etária, de 45 a 49 anos. A expectativa é da imunização de 695 mil pessoas nesta faixa etária. Muito importante o trabalho de imunização das pessoas com comorbidade no Estado de são Paulo”, afirmou Dora. O número divulgado por Doria totaliza 670 mil pessoas com doenças crônicas e 25 mil deficientes que são contemplados com o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC). Ao comparecer no posto de saúde, as pessoas com comorbidades deverão apresentar comprovante da condição de risco por meio de exames, receitas, relatórios ou prescrição médica. Pessoas com deficiência permanente precisam apresentar o comprovante do recebimento do BPC.

Além disso, o governador também anunciou que estações da CPTM, Metrô e terminais de ônibus da EMTU terão postos de vacinação contra a doença para aplicação da 1ª dose de todos os grupos prioritários previstos no Plano Estadual de Imunização (PEI). A partir desta quinta, 13, pessoas que estão aptas à imunização poderão tomar a vacina em quatro estações da CPTM: Guaianases (Linha 11-Coral), São Miguel Paulista, Jardim Helena-Vila Mara e Itaim Paulista (Linha 12-Safira). Também serão montados postos na estação Corinthians-Itaquera (Linha 3-Vermelha do Metrô) e no Terminal São Mateus da EMTU. A imunização será feita das 9h30 às 17h. Outros pontos de vacinação serão instalados em outras estações a partir de 17 de maio. São elas: República, Pinheiros e Butantã, todas da Linha 4-Amarela.