O Alasca registrou na noite desta quarta-feira, 28, um terremoto de 8,2 graus de magnitude na escala Richter, um dos maiores tremores registrados nas últimas décadas. Por causa do fenômeno, um alerta de tsunami foi emitido pelas autoridades locais em uma área de 1.600 quilômetros, obrigando milhares de moradores a deixarem as próprias casas. O alerta foi suspenso horas depois, após uma onda de menor impacto ser registrada. Até o momento, não há qualquer ocorrência de mortos, feridos ou danos estruturais a prédios. Segundo o serviço meteorológico local, o tremor foi o maior registrado desde 1965, quando um terremoto de magnitude 8.7 foi registrado. A maior ocorrência do tipo foi em 1964, com um terremoto de 9.2 graus na escala Richter.