O ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que completa 60 anos nesta quarta-feira, 4, cancelou a festa que comemoraria a nova idade no fim de semana e decidiu celebrar com um evento reduzido. A mudança foi confirmada pela porta-voz de Obama, Hannah Hankins em comunicado publicado pelo jornal “The Washington Post”. Ela explicou que a decisão foi tomada “devido à nova expansão da variante Delta na semana passada”. A festa contaria com a presença de famosos e personalidades da política nos jardins da mansão do democrata, na ilha de Martha’s Vineyard, no estado de Massachusetts, mas os preparativos geraram polêmica no país que vive uma “epidemia de não vacinados” e o aumento de casos da Covid-19.

O ator George Clooney, o diretor de cinema Steven Spielberg e a apresentadora Oprah Winfrey estavam entre as 475 pessoas receberam convites para a festa, que contaria com um show da banda Pearl Jam e na qual todos os convidados precisariam passar por um teste de Covid-19 antes de entrar, segundo a imprensa local. Na nota, Hankins detalhou que esse evento tinha sido planejado há meses e seguindo todas as recomendações públicas de proteção contra a doença. “O presidente e a sra. (Michelle) Obama decidiram reduzir significativamente o evento para incluir apenas a família e os amigos mais próximos”, disse a porta-voz. Hankins acrescentou que o ex-presidente “aprecia as felicitações de aniversário de outras pessoas a distância e espera vê-las de novo em breve”.