Os Estados Unidos informaram neste sábado, 28, que iniciaram a retirada das tropas norte-americanas do aeroporto de Cabul a quatro dias do prazo final para conclusão da operação estabelecido pelo governo e pelas forças talibãs. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, afirmou que o departamento tem informações sobre “ameaças muito reais” contra as tropas que permanecem no aeroporto, onde na quinta-feira, 26, um atentado terrorista deixou mais de uma centena de mortos, inclusive 13 militares americanos.

Nesta sexta-feira, 27, uma operação com drones foi autorizada pelo presidente Joe Biden como represália aos atentados em torno do aeroporto de Cabul. O ataque matou dois supostos integrantes do Estado Islâmico-Khorasan, o “Isis-K”, e deixou outro ferido. Kirby não detalhou o número de militares que continuam no aeroporto da capital afegã. Além disso, 6,8 mil pessoas foram evacuadas do país nas últimas 24 horas, apesar do alerta para a possibilidade de outro atentado como o da quinta-feira. Até este sábado, 28, mais de 111 mil pessoas tinham sido evacuadas do país na operação de retirada.