Com o Talibã assumindo o comando em Cabul, no Afeganistão, cenas de pânico e desespero se espalharam pela capital. Nesta segunda-feira, 16, centenas de pessoas se dirigiram ao aeroporto da cidade para tentar fugir do país. Imagens mostram cidadãos invadindo uma pista de decolagem e tentando se equilibrar nas rodas de uma aeronave militar que retiravam diplomatas americanos e funcionários da embaixada dos Estados Unidos da cidade. Outros vídeos compartilhados nas redes sociais mostra a queda de pessoas que estavam segurando em partes do avião após a decolagem. No Twitter, agência de notícias local informou que “moradores próximos ao aeroporto de Cabul afirmam que três jovens que se seguravam nos pneus de um avião caíram em cima de casas”. Com o tumulto, tiros foram disparados ao ar por militares para dispersar a multidão. Segundo informações da Reuters, testemunhas afirmando que cinco pessoas morreram, mas não há informações sobre a causa dos óbitos. Cabul foi tomada por grupos talibãs neste domingo, 15, após o presidente Ashraf Ghani deixar o palácio presidencial e fugir do país. O líder afirmou que a decisão foi tomada para evitar um “banho de sangue”. “O Talibã conseguiu me expulsar e vai atacar todos de Cabul”, disse o presidente.