Pelo menos três pessoas morreram e 12 ficaram feridas durante protestos contra o Talibã na cidade de Jalalabad, capital da província de Nangarhar, no Afeganistão, nesta quarta-feira, 18. Agências internacionais afirmaram que as vítimas tentavam hastear uma bandeira do país em uma das praças da cidade quando foram atingidas por disparos dos insurgentes. As manifestações teriam sido motivadas pela retirada de todas as bandeiras do país de locais públicos, que foram substituídas pelas bandeiras do Talibã após a retomada do poder pelos fundamentalistas. Segundo o jornal Al Jazeera, um repórter e um câmera de uma agência de notícias local foram espancados por soldados insurgentes após tentarem gravar imagens dos protestos. Além de Jalalabad, a província de Khost também teria registrado manifestações de centenas de pessoas. Alguns vídeos publicados nas redes sociais mostram grupos caminhando nas ruas e uma multidão se dispersando após tiros serem disparados pelas forças talibãs.