O México enfrenta uma onda grave de Covid-19 provocada variante Delta, que é mais contagiosa. Nos últimos dois meses, os casos da nova cepa passaram de 31% para 67% de todos os registros no país, segundo dados da Organização Pan-Americana de Saúde. O governo calcula que 50 milhões de pessoas já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e aproximadamente 27 milhões concluíram o ciclo com as duas doses. De acordo com médicos, a maior parte dos jovens infectados reage bem, mas alguns acabam internados ou entubados em unidades de terapia intensiva. A maior onda de contágio aconteceu em janeiro, quando a ocupação das UTIs chegou a passar de 90% dos leitos. Atualmente, o governo afirma que metade das vagas estão desocupadas. Ao longo do ano, o México não fez restrições aos voos domésticos e muitos destinos turísticos ficaram lotados. Agora, o país assiste à disseminação do coronavírus.

*Com informações da repórter Juliana Tahamtani